30/08/2012

Alunos São-Tomenses em dificuldades na Guarda

Numa carta dirigida ao Ministério da Educação e Cultura de São Tomé e Príncipe, a associação de estudantes dos PALOP denuncia a grave situação por que passam os alunos São-Tomenses a estudar na região da Guarda:

Carta Para o Ministro DAIO

São pois situações muito graves aquelas descritas no documento supra-citado e às quais São Tomé e Príncipe parece não poder responder.

Cabe-nos pois  a nós demonstrar solidariedade por outros seres humanos que passam dificuldades extremas no seio da nossa comunidade.

Fonte: http://www.telanon.info/sociedade/2012/08/28/11204/associacao-dos-estudantes-dos-palop-escreveu-carta-para-o-ministro-da-educacao-olinto-daio/

2 comentários:

Anónimo disse...

Uma vergonha para a cidade deixar chegar estas pessoas a esta condição!

Anónimo disse...

Estudantes a comer do caixote do lixo, não pode ser, não pode acontecer na nossa cidade!!! Onde andam os responsáveis do IPG??? Inadmissível!